Prefeito anunciou novos leitos e parceria com Hospital Salvador. Ocupação dos leitos na capital chega à 80%.

 

O prefeito de Salvador, ACM Neto, fez uma coletiva neste sábado (13) para fazer um balanço das ações do município no combate a pandemia do coronavírus e anunciou a implementação do novos leitos para tratamento de pacientes com a Covid-19, na capital baiana. O prefeito relembrou que foi há três meses, em 13 de março, que a prefeitura começou a anunciar as medidas de combate a pandemia. Sobre o Hospital Salvador, ACM Neto informou que já finalizou o contrato com a unidade de saúde localizada no bairro da Federação e a previsão é de que sejam implantados 60 leitos, no total. Inicialmente, vão funcionar 10 leitos de UTI e 14 clínicos.

"O hospital começa a funcionar já semana que vem com 10 leitos. Depois implantaremos mais 10 e nossa perspectiva é que chegue a 20 leitos de UTI no Hospital Salvador. Nesse primeiro momento serão 14 leitos clínicos, podendo haver uma expansão de mais 26, chegando a 40", explicou Neto.
O prefeito também falou sobre a queda na taxa de contaminação e letalidade, mas destaca que a ocupação de leitos preocupa. Até sexta-feira (12), Salvador tinha 3,9% da taxa de contaminação e de letalidade, informou o prefeito.

"Apesar de estarmos abaixo da média brasileira [nas taxas de contaminação e letalidade], a situação ainda é preocupante. Salvador tem 81% de ocupação dos leitos de UTI e 72% dos leitos clínicos. Na rede particular, a ocupação é das UTIs é de 79%. Isso não nos dá um conforto. É preciso estar abaixo do 70%", destacou o prefeito sobre os dados contabilizados até sexta-feira. Na capital baiana, já foram implantados pela prefeitura, hospitais de campanha no Wet'n WildHospital Sagrada Família e Itaigara Memorial. Na segunda-feira (15), algumas determinações do decreto assinado pelo prefeito vencem, e ele informou na coletiva que pretende renová-las. Neto não detalhou quais as medidas, mas prevê nova coletiva para anúncio.

 

Retirado de G1 BA

Rádio João Sá Samba © 2020 Todos direitos reservados